A PLURALIDADE DE FORMAS DE INTEGRAÇÃO E COOPERAÇÃO NA ÁFRICA DIANTE DAS DIFICULDADES E DIFERENÇAS SOCIOECONÔMICAS DOS SEUS ESTADOS MEMBROS

postado em 26 de nov de 2018 14:51 por MARCELO CEOLIN SOMAVILLA
Joseane Laurindo
Sandra Angélica Schwalb Zimmer

Resumo

O presente artigo tem por premissa abordar acerca da pluralidade de formas de integração e cooperação na África diante das dificuldades e diferenças socioeconômicas dos seus Estados-Membros. Sabe-se que o continente africano ocupa na configuração mundial alguns contrastes e dados estatísticos que o colocam no topo do ranking dos continentes com maiores problemas sociais, econômicos e políticos, apontando-o como o continente mais pobre do planeta. Vê-se um esforço mundial em erradicar desigualdades que envergonham a condição humana, de assistir passivamente a existência de irmãos africanos vivendo sem mínimas condições de subsistência, da existência de morte infantil por desnutrição, a continuidade de um grande número de morte por doenças sexualmente transmissíveis e causadas em decorrência da Aids. Nesta pretensão, primeiramente estudou-se a contextualização histórica e alguns dados estatísticos do continente africano, no intuito de melhor compreender o atual contexto do continente africano. Por fim, através da pesquisa no site da União Africana, foram apresentadas quais as formas de integração e cooperação no continente africano, seus blocos econômicos e estados-membros, concluindo-se a pesquisa com as considerações finais internalizadas pelas autoras. O presente artigo foi desenvolvido utilizando-se do método de abordagem hermenêutico-fenomenológico, pelo qual foi possível compreender historicamente o objeto da integração africana, estudando o fenômeno e a partir dele a interpretação e relação das formas de integração. A técnica de pesquisa bibliográfica oportunizou a coleta e disposição das informações a seguir apresentadas.

Palavras-Chave: Integração. Formas de Integração. Cooperação. África.

Abstract

This article is intended to address the plurality of forms of integration and cooperation in Africa in the face of the difficulties and socio-economic differences of its Member States. It is known that the African continent occupies in the world configuration some contrasts and statistical data that put it at the top of the ranking of the continents with major social, economic and political problems, pointing it as the poorest continent of the planet. There is a worldwide effort to eradicate inequalities that embarrass the human condition, to passively watch the existence of African brothers and sisters living without minimum subsistence conditions, the existence of child deaths due to malnutrition, the continuation of a large number of deaths from sexually transmitted diseases and caused by AIDS. In this pretension, we first studied the historical contextualization and some statistical data of the African continent, in order to better understand the African continent. Finally, through the research on the African Union website, it was presented the forms of integration and cooperation in the African continent, its economic blocs and member states, concluding the research with the final considerations internalized by the authors. The present article was developed using the hermeneutic-phenomenological method, through which it was possible to understand historically the object of African integration, studying the phenomenon and from it the interpretation and relation of the forms of integration. The bibliographic research technique provided the collection and arrangement of the following information.

Keywords: Integration. Forms of Integration. Cooperation. Africa.


Comments